Mercado de odontologia no interior tem mais oportunidades que na capital - ODONTOLOGIA - Bem Estar e + : CuritibaFun : Entretenimento, shows e eventos em Curitiba
https://www.manero.com.br
Curitiba, 23/09/2019
Mercado de odontologia no interior tem mais oportunidades que na capital
Posted em 02/05/2019 17:38:22 ( 1013 leituras )

Imagem redimensionada
Ao contrário do que ocorre em muitas profissões, a Odontologia tem mais oportunidades no interior do Paraná que na própria capital. Por isso, profissionais recém-formados estão migrando para o interior e grandes instituições de ensino estão abrindo cursos de graduação fora de Curitiba. É o caso da Universidade Positivo que, este ano, abriu um curso de Odontologia na Faculdade Positivo Londrina.



Com uma população estimada de 563.943 pessoas, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a cidade de Londrina conta com somente 1.050 dentistas cadastrados no Conselho Regional de Odontologia. Esse número evidencia que, na cidade, um profissional fica responsável por atender, em média, 530 habitantes - enquanto em Curitiba, a média é de 440 pacientes por odontólogo.

Segundo Lucienne Miranda Ulbrich, coordenadora do curso de Odontologia da Faculdade Positivo Londrina, os tratamentos odontológicos têm a mesma relevância de todos os outros processos e cuidados com a saúde. "A ida ao dentista deve fazer parte da rotina de cuidados de todas as pessoas. Os problemas bucais podem acarretar em complicações e atingir outros órgãos", explica. Além disso, é muito importante conhecer a especialidade do profissional. "Recomendamos que somente os profissionais capacitados, com formação e referências sejam procurados, já que qualquer erro pode ocasionar problemas sérios para o paciente", alerta.

Os números também mostram a abertura de mercado para a entrada de novos profissionais, já que a demanda por dentistas é grande no interior. "Com a alta de pacientes e falta de dentistas, os profissionais que possuem uma formação de qualidade alinhada com a prática durante a graduação, já podem se inserir no mercado e iniciar a carreira clínica sem grandes dificuldades", explica Flares Baratto Filho, diretor da área de Ciências Biológicas e da Saúde da Universidade Positivo.

Sobre a Universidade Positivo

A Universidade Positivo concentra, na Educação Superior, a experiência educacional de mais de quatro décadas do Grupo Positivo. A instituição teve origem em 1988 com as Faculdades Positivo, que, dez anos depois, foram transformadas no Centro Universitário Positivo (UnicenP). Em 2008, foi autorizada pelo Ministério da Educação a ser transformada em Universidade. Atualmente, oferece mais de 50 cursos de Graduação presenciais, quatro cursos de Doutorado, sete cursos de Mestrado, mais de 190 programas de Especialização e MBA, sete cursos de idiomas e dezenas de programas de Extensão. A Universidade Positivo conta com três unidades em Curitiba, uma unidade em Londrina (PR), uma unidade em Joinville (SC), além de polos de Educação a Distância (EAD) em mais de 50 cidades espalhadas pelo Brasil. Em 2018, a Universidade Positivo foi classificada entre as 100 instituições mais bem colocadas no ranking mundial de sustentabilidade da UI GreenMetric.

Previous article Next article Printer Friendly Page Send this Story to a Friend Create a PDF from the article
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.