Suspensão de prestações à Caixa pode ajudar a manter a renda em momento de crise - # - Últimas Notícias : CuritibaFun : Entretenimento, shows e eventos em Curitiba
Curitiba, 16/07/2020

Suspensão de prestações à Caixa pode ajudar a manter a renda em momento de crise

em 14/04/2020 10:30:34 (80 leituras) #
Imagem redimensionada
Entenda como a medida poderá beneficiar a população e quando usá-la


A Caixa Econômica Federal anunciou uma medida na última quinta-feira (19), onde afirma que irá suspender as parcelas e prestações de contratos de financiamento imobiliário, além de lançar uma linha de empréstimos com juros reduzidos para pessoas físicas e jurídicas que sejam de porte micro ou pequeno e suspender cobranças.

“Sobre o financeiro imobiliário, não será necessário ir até a agência, apenas realizar os passos pelo site ou outros canais de comunicação, podendo suspender o pagamento por 60 dias, desde que o contrato esteja em dia, e as prestações serão incorporadas ao saldo devedor do contrato, não havendo a necessidade de ser quitada após o período de crise”, explica Dra. Sabrina Rui, advogada em direito tributário e imobiliário.

Essa é uma alternativa para quem está em apuros por conta da situação atual no Brasil e no mundo, a epidemia da Covid-19. Porém, a especialista afirma que isso só deve ser feito em caso de real necessidade, senão, o melhor é continuar pagando normalmente.

De acordo com as medidas de isolamento, que determinaram o fechamento ou adaptação da maioria dos estabelecimentos comerciais do país, aquele que está empregado poderá ter uma redução de renda significativa, bem como poderá haver demissões num futuro muito próximo, portanto, racionar os gastos é de extrema importância.

“O dever de pagar não irá deixar de existir, apenas abrirá espaço para um pagamento mais flexível para que tanto as empresas quanto os empregados possam se manter durante essa situação difícil”, afirma.

Ainda há possibilidade de que, se a quarentena ou as consequências da pandemia não melhorarem, o tempo de postergação possa aumentar para 90 ou até 120 dias.

Se você tiver em mente que não conseguirá pagar em dia, de acordo com um planejamento inteligente das contas, entre em contato com a Caixa Econômica e suspenda o pagamento por 60 dias antes do vencimento das prestações, para não haver incorrência de multa e juros que aumentam consideravelmente o valor do débito.

“Embora estas medidas tenham sido tomadas apenas pela Caixa Econômica Federal, orientamos que havendo necessidade, seja estabelecida uma negociação com outras instituições financeiras em contratos similares, haja vista a existência de um precedente. O importante é manter a calma, e tentar renegociar os débitos antes deles estarem vencidos, para demonstrar a boa-fé do consumidor” orienta a Dra. Sabrina Rui.
Imagem redimensionada
_____________________________________
Serviço:
Dra. Sabrina Marcolli Rui
Advogada em direito tributário e imobiliário
www.sr.adv.br
SR Advogados Associados
@sradvogadosassociados
@sradvassociados
(41) 3077-6474
Rua Riachuelo, nº 102 - 20º andar - sala 202, centro – Curitiba.
Página de impressão amigável Enviar esta história par aum amigo Criar um arquvo PDF do artigo
Outros Artigos
07/05/2020 10:15:39 - Conheça mais sobre a Educação Financeira
07/05/2020 10:09:35 - Como funciona a Assessoria Financeira Empresarial e para quais empresas este serviço é indicado?
07/05/2020 09:59:32 - Tratamento da artrose do joelho sem cirurgia
15/04/2020 15:17:31 - Aplicativo de mobilidade para mulheres chega em Curitiba
14/04/2020 11:16:48 - O que precisamos aprender com essa pandemia
14/04/2020 11:11:54 - Como o DELIVERY pode salvar os negócios durante a pandemia
14/04/2020 10:51:37 - Consultórios médicos podem reduzir gastos em momento de crise
14/04/2020 10:40:49 - Como falar bem em público de forma extraordinária?
14/04/2020 10:37:22 - Plano de saúde pode se negar a cobrir alguns casos?
14/04/2020 10:30:34 - Suspensão de prestações à Caixa pode ajudar a manter a renda em momento de crise
16/03/2020 10:37:26 - LGPD entrará em vigor a partir de agosto
16/03/2020 10:24:36 - Comunicado: suspensão das aulas e atividades presenciais na UP
23/12/2019 14:33:46 - Que tal se inspirar na culinária holandesa?
21/12/2019 11:00:00 - Luís Henrique Pellanda lança livro de crônicas com desenhos de Raro de Oliveira
21/12/2019 10:44:08 - Vestuário, brinquedos e cosméticos estão entre os principais presentes para este Natal
21/12/2019 10:34:54 - Reveillón ou Réveillon: dicas para não errar nas mensagens de fim de ano
21/12/2019 10:21:41 - Profissão TI: corrida contra o tempo
21/12/2019 09:39:09 - Últimos dias para ver a exposição "Quem é o Homem do Sudário?"
21/12/2019 09:28:16 - O que é, o que é: chega em dezembro trazendo presentes, mas não é Papai Noel?
26/09/2019 15:38:30 - Compartilhar: uma tendência mundial
14/08/2019 18:30:04 - Liderança, Estratégia e Negociação em Oratória
14/08/2019 18:20:34 - Dia da Fotografia: após quase dois séculos de existência, invenção pode perder o papel de registro histórico
14/08/2019 18:08:42 - De diarista a CEO de empresa
16/07/2019 14:08:00 - Reunião da AMOP foca em progresso
04/06/2019 15:26:58 - "Sessão dos Solteiros Palladium" promove encontros na semana que antecede Dia dos Namorados